Campinas, 03 de Março de 2024
RÁDIO CENTRAL CPS
08/11/2023
Aumentar fonte Diminuir fonte
 

O DIA DO RADIALISTA E OS 43 ANOS

DA RÁDIO CENTRAL DE CAMPINAS

 

REPÓRTER ENTREVISTOU O PRESIDENTE FIGUEIREDO

COM FALA INAUGURAL E A CENTRAL NÃO GRAVOU

 

Como a Central não gravou?

Pois é, a fala inaugural da Rádio Central de Campinas, proferida pelo então ocupando do cargo de presidente da república João Baptista Figueiredo no microfone do repórter Gilberto Gonçalves devidamente plugado ao rádio frequência de uma viatura da Central, não foi gravada.

Como não foi gravada?

É que enquanto os repórteres corriam atrás do presidente, que viera a Campinas para uma visita ao CPqD e também passaria pela casa da irmã no bairro do Cambuí, nas dependências da nova rádio rolava a cerimônia oficial de inauguração. Lá estavam todas as autoridades relacionada à nova emissora. E é claro que não podiam faltar o famoso coquetel.

Assim envolvido na festa, o responsável pelo gravador da central técnica onde deveria ficar todas as gravações daquele dia, simplesmente deixou o gravador central desligado. E entre canapés e drinques alguém lá lembrou de ligar o gravador na hora que ouviram o presidente começar a falar no microfone da viatura de FM que estava junto a casa da irmã dele? Que nada. Só faltou soltarem foguetes diante da fala presidencial inaugurando solenemente a Rádio Central de Campinas.

E quando o repórter que conseguiu a proeza da entrevista e fala presidencial chegou à sede da rádio na Rua Luzitana para também comemorar o feito aproveitando o que restava do coquetel os técnicos correram à sala do gravador para reproduzir a fala, nada. Não havia um só equipamento ligado dentro da sala.

A disputada e famosa fala do presidente inaugurando a Radio Central havia literalmente se perdido nas ondas da rádio frequência do equipamento da viatura do repórter. A frustração foi geral claro. Sobrou acusação para todo mundo. Até para o repórter por não ter levado consigo um gravador pois assim eram feitas as entrevistas antes da chegada das viaturas de rádio frequência. A grande e alardeada novidade da rádio não serviu para nada. Apenas lamentos.

O GRAVADOR SALVADOR

A estrutura monumental criada para dar vida à nova Rádio Central de Campinas não demorou muito para tornar-se onerosa demais. Como sempre a alternativa econômica nestes casos é demitir. A primeira leva foi de levinho um pequeno número de funcionários incluindo alguns administrativos.  Mas a segunda, a terceira e as outra foi pondo abaixo o sonho de muitos profissionais.

Entre uma leva e outra lá se foi também o repórter que fez a famosa (mas não grada) entrevista inaugural da Rádio com o presidente. E a coisa era assim, sem muita conversa, apenas sob a justificativa que ‘em caso de dúvidas buscassem onde quisessem seus direitos”.

Foi num encontro de jornalista na Associação Campineira de Imprensa algum tempo depois que o inesperado aconteceu. A jornalista Maria Imaculada Conceição que na época da inauguração da Rádio Central era repórter da Rádio Educadora e também cobriu a visita do presidente na casa da irmã dele no Cambuí.

Ela tirou da bolsa uma fita cassete, isto mesmo uma fita cassete, que usou naquele dia no seu gravador ‘tijolão’, onde estava gravada integralmente a entrevista com o presidente Figueiredo. Disse apenas que era um presente pelo esforço presenciado por ela para conseguir a entrevista. O troféu ficou guardado até hoje e nem os atuais proprietários da Rádio Central sabem disso.

43 ANOS DA CENTRAL

Os novos donos estão comemorando a data inclusive com mensagem de parabéns do prefeito Dário Saadi. Outros tempos claro. Inaugurada por um presidente da república, o que não pode ser provado pois não há gravação da fala dele, 43 anos depois a Rádio tem mensagem de parabéns gravada pelo prefeito da cidade.

Na mensagem gravada o prefeito fala que quer dar o parabéns pelos 43 anos da Rádio Central “que leva informação, entretenimento e cultura para toda população de Campinas, parabéns à direção da Radio Central e também a todos os radialista e comunicadores da Radio Central em nome do meu grande amigo e grande comunicador Jura Junior e aqui quem fala é o prefeito Dário Saadi”.

 

 

  Última edição  
  Edição 184 - 20/01/2024 - Clique para ler  
© 2024 - Jornal Alto Taquaral - CG Propaganda