Campinas, 26 de Abril de 2018
QUARTA REVOLUÇÃO E SEUS IMPACTOS NA EDUCAÇÃO – Carlos Dorlass
29/05/2017
Notícia publicada na edição n.109 do Jornal Alto Taquaral
Aumentar fonte Diminuir fonte

Atualmente 8 em cada 10 alunos que concluíram o 9º ano do Ensino Fundamental não aprenderam matemática no nível esperado. Ao final do 3º ano, 22% dos alunos ainda não estão plenamente alfabetizados. Quase 2 milhões de jovens de 14 a 17 anos estão fora da escola. Na comparação internacional, os alunos brasileiros de 15 anos estão na 63ª posição em relação ao desempenho em ciências no PISA, que é feito em 70 países

Por trás de cada um desses dados, estão crianças e adolescentes que têm seu futuro comprometido pelo nosso   sistema educacional. Sem oportunidades iguais na escola, milhões de brasileiros chegam à idade adulta seguindo a trajetória possível pra eles – e não uma trajetória escolhida, sonhada e desejada.

A Quarta Revolução  é diferente de tudo o que a humanidade já vivenciou. Novas tecnologias estão fundindo os mundos físico, digital e biológico de forma a criar grandes promessas e possíveis perigos. A velocidade, a amplitude e a profundidade desta revolução estão nos forçando a repensar de como devemos ensinar criar  valor no que ensinamos e o que significa ser humano.

A educação se vê desafiada não somente pelo uso da tecnologia em sala de aula, mas pela presença de um aluno que nasceu e cresceu “conectado”. E é por conta desse aluno e da sua facilidade em obter informação que a escola e a postura do professor estão mudando.

* Prof. Carlos Dorlass
Diretor: ‘Professor sem Fronteiras’

  Última edição  
  Edição 117 - 22/01/2018 - Clique para ler  
© 2018 - Jornal Alto Taquaral - CG Propaganda