Campinas, 23 de Janeiro de 2018
LEITORA RELEMBRA: HISTÓRIAS DO TAQUARAL - ‘MAIÔMETRO’
30/05/2015
Notícia publicada na edição n.85 do Jornal Alto Taquaral
Aumentar fonte Diminuir fonte
 Um local que chamou muito a atenção de todos que conheciam a cidade há uns vinte anos atrás, não só pela sua grandeza e comodidade, era o maiômetro. Apelido para o  estacionamento do Taquaral, ao lado do portão 5, que abrigava os casais que queriam namorar a noite dentro dos carros. Ainda me lembro de ouvir a Rádio Educadora falando dos comentários que envolviam o local e brincando sobre o assunto.

A falta de iluminação e de patrulhamento incentivava os casais. ‘Maiômetro’: termo que vem de “maio” na gíria popular beijo, “metro” lembrando o termômetro, que juntando tudo seria beijo quente! Muitos carros aproveitavam para pernoitar ali no local, mas com o tempo foram sendo alvo dos ladrões e da intolerância dos vizinhos.

Sabemos hoje o quanto é perigoso ficar parado em carros à noite, principalmente em locais escuros. O local está menos arborizado e mais iluminado, forçando os namorados a procurarem outros espaços para aquecer seus beijos no inverno.
Rose Nakamura

  Última edição  
  Edição 117 - 22/01/2018 - Clique para ler  
© 2018 - Jornal Alto Taquaral - CG Propaganda